11/09/2019

Como escolher o liquidificador para o seu estabelecimento?

Publicado em 11/09/2017

 

 

 

 

 

 

 

Descubra qual o melhor tipo de liquidificador para seu negócio

 

Quando vamos escolher um liquidificador para nossa casa encontramos diversas opções.

Podem variar no preço, no design, na cor, no tipo de material do copo, enfim, existe uma infinidade de modelos. Mas todos os liquidificadores conhecidos como “domésticos” produzem apenas sucos e vitaminas e não são ideais para alta produção.

 

Para os estabelecimentos comerciais, como lanchonete, bar e restaurante, existem os liquidificadores comerciais que se dividem em dois tipos:

* Liquidificadores de alta rotação
* Liquidificadores de baixa rotação

 

E então surge a dúvida na hora de comprar:

 

“Qual liquidificador devo comprar para o meu estabelecimento?”

 

Para saber qual o tipo mais apropriado você deverá responder a uma outra pergunta:

 

“ O que vou produzir com o liquidificador? ”

 

Vamos entender porque responder essa pergunta.

 

Uma lanchonete precisa de agilidade para atender seus clientes e dentre os produtos mais vendidos estão os sucos e as vitaminas. Para produtos que passem com tranquilidade pelo canudinho, o liquidificador indicado é o de alta rotação. Isso porque suas hélices giram em alta velocidade, como o próprio nome diz, sendo ideal para produtos frescos.

Um detalhe importante ao utilizar esse tipo de liquidificador é sempre colocar primeiro o líquido, depois a fruta e, por último caso seja necessário, o gelo. Essa ordem é importante para não danificar o copo e suas partes. Outro detalhe importante refere-se ao tempo para se fazer um suco ou vitamina que não deve ultrapassar 30 segundos no preparo. A capacidade desse tipo de liquidificador não é muito grande, pois a intenção é produzir menores porções em alta velocidade. Essa capacidade varia entre 1,5 e 2 litros, encontrando-se em algumas marcas até de 4 litros.

 

Já para preparos de alimentos mais consistentes como cremes e pastas, o liquidificador indicado é o de baixa rotação.

 

A característica mais importante nesse tipo de liquidificador é a força, motivo pelo qual alimentos mais consistentes conseguem ser melhor triturados. Encontram-se no mercado dois modelos de liquidificador de baixa rotação: o de mesa e o basculante. Os modelos de mesa possuem design parecido com os liquidificadores de alta rotação. Já os basculantes ficam suspensos em um cavalete e giram num sistema basculante para a retirada do alimento. A capacidade dos liquidificadores de baixa rotação de mesa varia entre 2 e 10 litros. Os modelos basculantes encontrados são de 15 e 25 litros.

Quando a receita pedir uma quantidade de ingrediente em peso (kg) e não em volume (litros), o ideal é que se trabalhe com volume físico de peso (kg) com 40 a 50% no máximo do volume, especialmente nos liquidificadores de baixa rotação. Por exemplo, se for fazer uma massa de bolo no liquidificador de baixa rotação de 4 litros, o volume de peso ideal será de 1.600 gr.

Com isso, pode-se dizer que ao escolher um liquidificador deve-se preocupar com a velocidade de suas hélices (RPM) e não com a potência do motor, pois um mesmo motor pode ser usado tanto no liquidificador de alta quanto no de baixa rotação.

Caso tenha alguma outra dúvida sobre esse ou qualquer outro produto que comercializamos entre em contato conosco através do e-mail

atendimento@equipatudo.com.br.